Olá visitante!   Entrar ou Registar
  17.11.2018 -    

Categoria:   Relógios e Jóias      Relógios      Relógios de Homem    Relógios de pulso ID do artigo: 362565
   



Recarregar página 
 Relógio de pulso Leonidas Bidynator (1950`s)

Preço : 590,00 EUR

Quantidade disponível: 1

 
Termina em: 15 dia(s), 11h:46m:04s
(03.dez.2018 - 11:27:40)
Localidade: Portugal (Braga)
   
Envio:  Envio internacional

Custos de envio: Portes Grátis
A combinar
Entre em contacto para esclarecer as condições 
 

   
 
 

Informação do vendedor

 
 
orionbraga (0)

Utilizador particular

Feedback positivo: 0%

 
     
    Registo: Março 07, 2014 - 15:12  
    País: Portugal  
    Língua(s) falada(s):   
   
   
 
 
 
  Ver negócios activos de orionbraga


 
 
           
 





  Descrição O vendedor -orionbraga- assume total responsabilidade pelo conteúdo deste negócio    

 Specificações - Detalhes
 


 
Condição utilização :             Usado

* Leonidas Bidynator com movimento Felsa calibre 690 Bidynator mecânico de  corda automática com uma frequência de 18,0000 alternâncias/horas e com uma reserva de corda aproximada  de 38 horas fabricado nos anos 50 .  

* Caixa em aço com 34 mm de diâmetro

* Mostrador claro com dísticos em alto relevo e ponteiro vermelho de segundos ao centro.

* Revisto pelo o nosso relojoeiro e com garantia de 1 ano.

* Com certificado de autenticidade.

* Envio registado com seguro.

  Envio e Pagamento    

  Condições de envio e retoma
 
Detalhes do envio e pagamento:  

Envio para:   Envio internacional

Condições de envio:   Vendedor paga custos de envio



Custos de envio (nacional): Portes Grátis  Entre em contacto para esclarecer as condições

Tipo de envio:  A combinar


Custos de envio
(internacional): Portes Grátis  Entre em contacto para esclarecer as condições

  Forma de Pagamento aceite
 
 - Paypal
 - Transferencia bancária

   



Este artigo foi visto 65 vezes
 
 


 Ir para a categoria -   Relógios e Jóias      Relógios      Relógios de Homem    Relógios de pulso Voltar ao topo Voltar ao topo